“Viajante no tempo de 2028” traz aviso preocupante sobre o futuro

Algumas pessoas mais curiosas já se perguntaram se de facto é possível viajar no tempo e se esse fenómeno realmente existe. Pois bem, muitos cientistas e especialistas dizem que teoricamente é possível mas a tecnologia necessária para o realizar está a anos e anos e anos de ser desenvolvida.

No entanto, um homem chamado Noah aparentemente identificou-se como viajante do tempo, arriscando a sua própria vida para voltar do ano 2028 para avisar a humanidade em relação ao futuro.

No vídeo, publicado no canal de Youtube Paranormal Elite, ele diz que arriscou a própria vida para revelar a nós – meros “2017ianos” – o que o futuro tem reservado para nós. Basicamente, veio dizer-nos que estamos lixados…

No vídeo, ele afirma que Donald Trump voltará a ser eleito no ano de 2020, para irritação de grande parte do mundo e de metade dos Estados Unidos da América. Noah afirma também que a Inteligência Artificial vai estar muito, muito forte – o que de certa forma é o esperado.

No fim, ele afirmou também que o estilo de máquina dos Google-glasses irá apoderar-se do planeta, dizendo: “Eu não quero estar aqui a enganar ninguém. O meu único objectivo é provar-vos que é possível viajar no tempo. Eu próprio sou um viajante do tempo”.

Noah tem 50 anos de idade e sofre de anorexia e depressão mas tomou um comprimido “rejuvenescedor” que fez com que ficasse com a aparência de alguém com 25 anos. Ele viajou de volta a 13 de novembro de 2017 desde 2021 – onde viajar no tempo era apenas utilizado pelas organizações secretas de topo.

Aparentemente, irá tornar-se algo “público” no ano de 2028.

Ele diz que o seu “ano natural” é 2012 porque foi onde ele passou grande parte da sua vida mas diz que é o nosso período temporal onde pertence.

Durante o vídeo, ele está visivelmente stressado. Explicou-nos que os carros eléctricos irão conseguir fazer mais de 950 km com uma simples carga no ano de 2021 e disse que todos nós devíamos investir tempo e dinheiro em energias renováveis.

Em relação à re-eleição de Donald Trump em 2020, ele diz: “Posso dizer isto com 100% de certeza, não estou a dar a minha opinião”.

Verdade ou mito?