Vão probir os examens nas escolas para não provocar ansiedade às crianças

Alguma vez pensaste no quão genial poderia ser a escola se não existissem exames? Pois bem, em Singapura, no que toca à educação básica, decidiram mesmo abolir os exames para que possam dar aos mais jovens a oportunidade de eleger o seu próprio caminho e retirar a responsabilidade que tanta ansiedade gera, e tão cedo…

A verdade é que alguns indicadores assinalam que Singapura é um autêntico paraíso para viver, porque foi declarado por diversas organizações a nível global como o país mais limpo do mundo, o mais seguro e aquele com o melhor nível educativo no planeta inteiro.

Assim, com este nível de bem estar podem dar-se ao luxo de testar diferentes medidas na educação, saúde e bem-estar dos seus cidadãos e uma dessas medidas consistiu na abolição de exames da escola no ensino básico, para que as crianças não sofram de pressão, ansiedade, medo e stress que estes provocam.

“Devemos equilibrar a diversão da aprendizagem e o rigor da educação”, manifestou Ong Ye, ministro da Educação. Isto porque o sistema é muito exigente e isso afectava a saúde mental dos estudantes, ao ponto de elevar a taxa de suicídios em 10 por cada 100,000 habitantes, um valor superior à média. Estudos comprovados mostraram que em média, um estudante em Singapura passa grande parte do tempo na escola e posteriormente, cerca de 9.4 horas semanais a estudar em casa.

O que dizer?