um novo e estranho sintoma de infecção pelo coronavírus

Dermatologistas nos Estados Unidos disseram que têm recebido uma série de “consultas aos dedos dos pés” em plena época de pandemia. Muitos pacientes têm sofrido com inflamações nos dedos dos pés e agora, os profissionais de saúde estão a encorajar as entidades mundiais de saúde a incluir o chamado “dedo de COVID” como um dos sintomas da infecção pelo coronavírus.

Uma profissional de saúde da Universidade de Califórnia explicou que muitos pacientes com COVID-19 têm demonstrado inflamações nos dedos dos pés, onde os mesmos aparecem vermelhos e até roxos: “De repente, estamos inundados de dedos nos pés. Tenho relatórios clínicos com pessoas a chegar com lesões nos dedos dos pés. E são pessoas sem historial médico de outros problemas do género”.

A verdade é que esta médica não é a única a ter reparado num aumento de consultas devido a problemas nos dedos dos pés: também a Dr. Esther Freeman, do Massachusetts General Hospital, constatou que tem recebido muitos pacientes com “dedos de COVID”. Os dermatologistas dizem que o “dedo de COVID” pode ter uma forte ligação ao coronavírus, apesar de os sintomas mais óbvios do mesmo serem a tosse seca, a febre e a falta de ar.

Ainda não há estudos oficiais que comprovem que o “dedo de COVID” seja mesmo um conceito mas os investigadores já estão a começar a aprender mais sobre o fenómeno…

Faziam ideia?