SAS estão a ser investigados depois de terem publicado fotografias de missões secretas!

Alguns membros do SAS estão metidos numa alhada com os seus superiores, tudo depois de terem partilhado fotografias que deviam ser “top secret” de operações suas e de armas. Os soldados publicaram tudo nas redes sociais.

Os membros da força de elite, antes de ingressarem, assinam um contrato onde concordam em não revelar nada das suas missões. Ainda assim, eles não tiveram pudor em partilhar essas informações online, para toda a gente ver.

Foram colocadas mais duas mil fotografias online, incluindo fotografias de homens e mulheres ao serviço das Forças Especiais ao lado de armas. Tudo exposto no Facebook…

Isto marca a primeira vez desde sempre em que recrutas do SAS são vistos com os seus cães treinados e cães polícias.

As imagens foram tiradas no Iraque por soldados do Reino Unido, cuja identidade individual foi ocultada. Quem fez upload das fotografias está directamente a violar a política do SAS.

A política deles afirma que nada deve ser revelado acerca de operações, armas, equipamento ou TTP – Tácticas, Treinos e Procedimentos.

As fotografias surgem durante a investigação acerca de alegações de que as forças especiais britânicas assassinaram civis inocentes na província de Helmand, no Afeganistão.

O Ministro de Defesa ainda não se pronunciou…