Romanos utilizavam c*ralhos voadores para afastar as doenças há 2.000 anos

Romanos utilizavam c*ralhos voadores para afastar as doenças há 2.000 anos

Com a situação do mundo actual, se fores uma pessoa crente já podes ter dado por ti em busca de algo que dê sorte. E se te dissermos que há 2.000 anos, os romanos utilizavam mesmo amuletos com o formato de pénis gigantes para eliminar a doença e a má sorte?

Fica a dica…

Os estranhos amuletos eram utilizados à volta do pescoço dos romanos, ou até pendurados algures nas casas das famílias, e era quase como um talismã que protegia o lar e as pessoas que lá habitavam das doenças e do mau olhado. De acordo com o especialista Anthony Philip Corbeill, que falou com a Atlas Obscura, os amuletos têm sido encontrados por arqueólogos do mundo inteiro, inclusive em Itália e Israel.

Corbeill explicou que há muitos, muitos anos, os romanos que utilizavam estes pénis voadores acreditavam que os mesmos lhes concediam “poderes divinos”. Ele adicionou: “A energia sexual do falo estava conectada directamente com o seu poder na reprodução”.

Em tempos de crise como o que vivemos, fica a dica.