Prostituta dá tiro na cabeça de cliente porque ele “não estava a trabalhar bem”

Muita atenção: se por ventura estiveres com uma prostituta e a tua performance deixar a desejar, podes muito bem acabar por levar com uma bala no crânio da profissional sexual a quem pagaste.

De acordo com o NYPost, uma prostituta em Washington afirma que deu dois tiros na cabeça de um cliente porque ele lhe fez sexo oral de uma forma péssima.

Marissa Wallen, de 21 anos, alegadamente acabou por roubar a carteira e a arma do próprio do cliente e, depois de o alvejar, ainda lhe ficou com cerca de 12 mil dólares.

Quando a polícia foi ver dele ao hotel, ele foi encontrado com vida, encostado a uma parede com sangue seco na sua cabeça. Ele não conseguia falar por isso as autoridades comunicaram com ele através de sinais com as mãos.

Ele afirmou que conhecia a pessoa que o atacou mas não conseguiu dar um nome. Felizmente, as câmaras de segurança do hotel conseguiram com que as autoridades chegassem a Marissa, a prostituta que o alvejou.

Quando confrontada com as evidências, Wallen tentou mudar a história mas acabou finalmente por admitir que lhe deu dois tiros na cabeça “porque ele estava a fazer sexo oral de forma errada”.

A profissional sexual, que tem um bebé com 11 meses, está agora a ser julgada em tribunal e as coisas não estão bonitas para o lado dela.

Felizmente, tudo podia ter acabado bem pior…