Professora que fez sexo com aluno saiu da prisão e agora tem uma nova profissão…

Pois é, agora parece comum falarmos em professoras que mantiveram relações sexuais com os seus alunos (maldita geração sortuda). Já vimos de tudo, dentro deste ramo: aquelas que vão presas e aquelas que casam e têm filhos.

Mas este caso é bem particular. Mary Beth Haglin, professora substituta de inglês na escola secundária Washington, em Iowa, afirmou que a sua vocação é ensinar, mas não línguas…

Depois de ter mantido relações sexuais com um aluno de 17 anos quase todos os dias durante seis meses, a professora foi descoberta pelas autoridades e esteve presa durante 90 dias sendo, pois claro, despedida da escola onde trabalhava.

Agora, depois de 3 meses de prisão, ela saiu e descobriu uma nova vocação: stripper, sendo que o seu nome artístico é Bambi. Para além disso, também deu o salto para os filmes adultos…

Entendendo que seria muito complicado voltar a dar aulas numa escola, ela decidiu seguir a via que a meteu em problemas na primeira instância: o sexo. E que boa maneira de enfrentar os problemas…

Nos vídeos adultos que protagonizou, ela fez o papel de, como não podia deixar de ser…professora!

Se com o seu aluno ela tinha relações sexuais e até trocavam fotos eróticas, porque não fazê-lo agora para todo o mundo? É este o pensamento de Mary Beth, cuja carreira parece prometedora.

No final de contas, também se trata de ensinar…