Polícia vai silenciar uma festa gay por queixas de ruído mas acaba confundido com um stripper!

Esta história é, no mínimo, insólita. Foi em Morelos, no México, que um agente da autoridade foi chamado a intervir para tranquilizar uma festa que aparentemente estava fora de controlo, tal era a quantidade de barulho. O problema é que, quando chegou à residência para colocar ordem no assunto, o polícia foi confundido com um stripper e assim fizeram-no, praticamente de forma forçada, de forma de festejo…

Tudo aconteceu quando o polícia se deparou com uma festa gay completamente descontrolada. Depois do alerta, assim que ele tocou à campainha, foi recebido com elogios e aplausos: toda a gente pensava que se tratava de um disfarce e que era uma surpresa do anfitrião da festa para todos os convidados. Assim, levaram o polícia aos ombros e fizeram com que ele entrasse dentro de casa. O polícia estava desamparado…

Felizmente, o suplício terminou para o agente quando um companheiro dele foi socorrê-lo, tendo entrado dentro da casa com a pistola em punho. Claro que este segundo polícia ficou abismado: quando chegou, viu o seu colega em roupa interior e a bailar ao ritmo da música.

No fim, as pessoas na festa perceberam que ele não era um stripper. Claro que vieram reforços da polícia e foram detidas, pelo menos, 15 pessoas!

Surreal!