Partido político plagia ‘Lose Yourself’, de Eminem: o rapper lixou-os bem

A semana passada, o editor e produtor da música ‘Lose Yourself’, de Eminem, recebeu a exorbitante quantia de 413 mil dólares, como forma de reparar os danos e prejuízos causados por plágio. Parece que o Partido Nacional da Nova Zelândia infringiu os direitos de autor do artista, numa canção utilizada para uma campanha eleitoral.

Fez-se justiça e o juiz acabou por dar a razão ao lado de Eminem, dizendo que de facto o partido político havia roubado a canção de 2002 do rapper de 45 anos, ‘Lose Yourself’.

Eis o que foi dito em tribunal:

“As semelhanças são imensas e as diferenças entre as obras são mínimas e imperceptíveis, sendo que a linha melódica e as notas do piano são surpreendentemente similares às da música ‘Lose Yourself’. As parecenças nítidas entre as músicas abonam abruptamente à cópia…”

O Partido Nacional da Nova Zelândia nega ter infringido o trabalho de Eminem, dizendo que a música de campanha havia sido feita num estúdio de produção na Austrália. Ainda assim, o tribunal não concordou.

Aqui está a prova das mentiras, o anúncio reproduziu-se 186 vezes em televisão durante um período de 11 dias de campanha eleitoral:

De qualquer forma, em vez de ficar com o dinheiro, Slim Shady vai fazer algo realmente honorável e digno de ser humano: o rapper decidiu doar todo o dinheiro para ajudar as vítimas dos furacões de Porto Rico, dos Estados Unidos da América e do Caribe.

Se estiveres curioso, podes ver mais sobre o caso de plágio: