Pai visto a baloiçar o seu filho num precipício a 120 metros do chão

Um homem foi fotografado a baloiçar uma criança no topo de um precipício, visivelmente perigoso, a uma altura de 120 metros do chão.

A fotografia, tirada no fim-de-semana de Páscoa nas Seven Sisters, em Eastbourne, Reino Unido, mostra o homem a segurar no filho horizontalmente para que ele pudesse ver o fundo do precipício enquanto era baloiçado. Eis o momento:

A verdade é que o penhasco em questão já trouxe dissabores. Em 2017, um estudante da Coreia do Sul, Hyewon Kim, caiu do mesmo e acabou por falecer, tudo enquanto posava para uma fotografia. Em fevereiro deste ano, a National Police Air Service (NPAS) publicou uma fotografia de uma pessoa no penhasco em questão a alertar as pessoas para o perigo.

Um estudo realizado o ano passado revelou que 259 pessoas morreram a tirar selfies entre 2011 e 2017. Desses, a idade média era de 23 anos e quase três quartos das vítimas eram homens.

Tinhas noção?