Pai fica paralisado depois de um ataque brutal o deixar sem metade do crânio

Pai fica paralisado depois de um ataque brutal o deixar sem metade do crânio

Um pai de dois filhos ficou sem metade do crânio depois de um ataque violento que sofreu na cidade de Nova Iorque, sendo que o mais assustador nesta história é o facto do atacante ir cumprir apenas dois meses de prisão. Steven Augustine, de 32 anos de idade, foi atacado violentamente com um taco de basebol enquanto se dirigia para casa do trabalho em maio de 2018. Depois de mais de um ano do ataque, ele continua a lutar pela vida.

Steven ficou paralisado depois de a parte esquerda do seu crânio ter sido removido e hoje, precisa de uma cirurgia vital para colocar metade de um crânio plástico que consiga proteger o seu cérebro…

A mãe de Steven, Donna Augustine, chegou mesmo a desmaiar depois de perceber que o atacante, Charles Miles, recebeu uma pena de apenas 72 dias de prisão, de acordo com o que reportou o ABC7. Apesar dos danos visíveis, os advogados afirmam que Miles apenas atingiu Steven uma vez, sendo que os danos causados no cérebro foram resultado da queda dela. Ainda assim, para esta mãe, completamente despedaçada, a justiça funcionou mal.

Ela falou com a imprensa: “Os danos que foram feitos nunca podem ter sido feitos só com um golpe. Charles Miles teve uma pena muito leve e eu quero justiça para o meu filho que está a lutar todos os dias pela sua vida. Ele é uma pessoa feliz e engraçada e adorava o seu trabalho como chef – fazia turnos de 12 horas e saía de lá a sorrir. Eu estou completamente despedaçada, porque hoje ele está em estado vegetativo”.