Paciente com coronavírus faz um vídeo diretamente da sua cama de hospital a encorajar as pessoas a adoptarem medidas de distanciamento social

Paciente com coronavírus faz um vídeo diretamente da sua cama de hospital a encorajar as pessoas a adoptarem medidas de distanciamento social

Um vídeo tornou-se viral nas redes sociais esta semana, vídeo esse gravado por um paciente com coronavírus diretamente da sua cama de hospital, onde ele apela às pessoas para que adoptem todas as medidas e precauções de distanciamento social.

Kevin Harris, de 55 anos, utilizou o Facebook Live para partilhar a sua situação e disse que foi até ao Hospital St. Joseph Warren depois de ter sentido alguma tosse que rapidamente se transformou em febre e dores no corpo. Ele acabou por explicar que deu entrada no hospital a 8 de março e que o teste para o coronavírus deu positivo no dia 11 de março. Falando diretamente da cama, ele disse: “Não vão para o meio de multidões. Não apertem mãos. Parem de se abraçar. Lavem as mãos continuamente. Não dêem beijos aos vossos filhos. Já existem milhares de pessoas com o vírus”.

E continuou: “As pessoas precisam de se afastar de outras pessoas. Isso é chamado de distanciamento social – sejam anti-sociais. Isto é perigoso. Perigoso e fatal. Tratem toda a gente como se isto fosse um apocalipse zombie. Não confiem em nada que já tenha sido tocado por outras pessoas”.

No momento em que escrevemos isto, já existem 248,683 casos de COVID-19 confirmados e 10,082 mortes pelo mundo inteiro.