Os últimos cinco minutos do filme Contágio dão-nos um aviso crucial sobre as pandemias

Uma das diretoras mais técnicas do filme Contágio avisou as pessoas para prestarem especial atenção aos últimos cinco minutos do filme, explicando que os mesmos oferecem uma lição crucial a reter sobre o tipo de acções que podem despoletar pandemias como a que vivemos atualmente do coronavírus.

Primeiramente, confere o final do filme:

A Dra. Tracey McNamara, veterinário que ajudou na fase inicial da produção do filme, disse que a cena final traz um sério aviso acerca do impacto do homem no ambiente e em como as nossas acções podem desencadear vírus facilmente. Ela explicou ao Metro: “Gostava que as pessoas vissem pelo menos os últimos cinco minutos do filme com atenção. Aquele cenário acontece, absolutamente”.

Para os que não viram, a cena final mostra os morcegos a comerem fruta das árvores e não tendo para ir, acabam por ir dormir para perto das pocilgas, onde acabam por deixar cair os restos da fruta. Depois, os porcos comem essa fruta, ficando também infectados, e posteriormente, um desses porcos é enviado para um restaurante para ser preparado por um chef que dá por si a mexer com as mãos no porco infectado. No fim, esse chef cumprimenta Beth, personagem do filme interpretada por Gwyneth Paltrow, sem ter lavado as mãos.

Ela é a primeira pessoa a apanhar o vírus, antes de o propagar para o mundo inteiro. O filme tem muitas similaridades com o surto que vivemos, sendo que muitos cientistas afirmam que o início desta pandemia poderá ter sido muito idêntico, dado que muitos estudos já concluíram que o coronavírus poderá mesmo ter tido origem em morcegos.

O que dizer?