Os moradores deste bairro decidiram meter “farpas” nas árvores para os pássaros não cagarem os carros

Foi no bairro de Clifton, em Bristol, que os moradores decidiram instalar um sistema de “farpas” de plástico nas árvores, tudo para que os pássaros não pousassem lá e sujassem os seus automóveis com as suas fezes.

Muitos dizem que as árvores em Bristol são dos maiores atrativos da cidade mas para estas pessoas, árvores são sinónimo de excremento de aves nos seus carros de luxos. E foi assim que começou esta “guerra”, com o único objetivo de afugentar os pássaros dali…

Para evitar que os pássaros pousassem nas árvores e “decorassem” os seus automóveis caros, os habitantes do bairro de Clifton mandaram instalar fileiras de farpas de plástico nos ramos das árvores. A empresa Hillcrest Estate Management foi a responsável por criar este sistema de protecção anti-pássaros.

Claro que esta medida não foi do agrado de todos e causou muitos protestos por parte de outros cidadão, representantes políticos e organizações ecologistas. Uma das opiniões mais partilhadas nas redes sociais foi a da escritora Jennifer Garret:

Um jornal local realizou um inquérito acerca desta medida a 1,500 habitantes deste bairro e 79% das pessoas não estavam de acordo com a mesma, por acharem que os pássaros não devem ser forçados a deixar o seu habitat natural.

O problema é que as árvores em questão encontram-se em zonas residenciais muito exclusivas. Ali, os vizinhos têm controlo quase total do que se faz no bairro. Os representantes políticos de muitos partidos estão conscientes de que os proprietários estão a atuar dentro dos seus direitos e não estão a violar nenhuma lei.

Um dos habitantes explicou que isto não é uma medida contra as aves mas somente uma protecção para os seus veículos. O excremento de pássaros é muito corrosivo e eles insistem que estas farpas servem apenas para evitar danos causados à pintura.

O que achas desta medida?