Noivo vê 63 convidados do seu casamento morrerem devido a bombista suicida do Estado Islâmico

Um homem diz que “nunca mais vai voltar a ser feliz na vida” depois de ter testemunhado a morte de 63 convidados do seu casamento, incluindo o seu irmão, num massacre realizado por um bombista suicida do Estado Islâmico…

Mirwais Elmi ia casar-se e a cerimónia estava prestes a realizar-se em Kabul, no Afeganistão, mas eis que um bombista suicida decidiu detonar um dispositivo, sendo que depois disso, um carro bomba também acabou por explodir. 63 pessoas morreram e 182 ficaram feridas.

A noiva de Elmi sobreviveu mas ele perdeu 14 membros da sua família no ataque, que já foi reclamado pelo Estado Islâmico. O homem explicou ao Tolo News e ao MailOnline: “A minha família e a minha noiva estão em choque, eles nem conseguem falar. Perdi a esperança. Perdi o meu irmão, perdi os meus amigos, perdi os meus parentes. Nunca mais vou voltar a ser feliz”.

“Não consigo sequer ir aos funerais, sinto-me muito fraco… E o pior é que eu sei que todo este sofrimento vai continuar”, frisou.

Pobre coitado. RIP.