Mulher viciada em beatas de cigarros afirma comer oito delas por dia

Mulher viciada em beatas de cigarros afirma comer oito delas por dia

Esta mãe de dois filhos tem uma condição rara que faz com que não consiga, de todo, resistir a comer as beatas dos cigarros. E tu a pensar que a tua dieta era má…

Karen Kaheni, de 42 anos de idade, vive em Barnsley, South Yorkshire, e tem alotriofagia – uma condição que dá às pessoas a vontade incontrolável de comer coisas que não são comida. Neste caso, ela é viciada em beatas de cigarros.

A mulher explica que chega a comer 8 beatas de cigarro por dia e como se isso não bastasse, diz ingerir cerca de 250 gramas de giz por semana.

Ela explica que a obsessão por giz começou no ano de 1997, quando estava grávida do segundo filho, e diz que nem sequer sabe como tudo aquilo começou: “É muito embaraçoso e não faço ideia do que é que despoletou toda aquela vontade”, explicou à imprensa.

“Nem é o sabor das beatas de cigarro ou do giz que eu gosto, acho que tem mais a ver com a textura e o facto de ser crocante. Hoje em dia, tenho tantos desejos que quando fico sem beatas ou sem giz, fico agitada e começo mesmo a salivar. É mesmo um vício”.

Como a vontade de comer beatas foi aumentando, e com Karen a fumar entre 60 a 80 cigarros POR DIA (!), ela acabou por ter alguns problemas no sistema digestivo, o que foi suficiente para a fazer acalmar um pouco.

A sua condição, alotriofagia, também tem o nome “pica”, que vem do latim e significa pega: um pássaro do hemisfério norte conhecido por comer quase tudo o que encontra pela frente.

Tinhas ideia da sua existência?