Mulher armazena esperma numa tentativa de "lutar contra o coronavírus"

Mulher armazena esperma numa tentativa de “lutar contra o coronavírus”

Com os especialistas da Organização Mundial de Saúde a avisarem toda a gente para lavarem as mãos com regularidade, parece que outras pessoas têm adoptado formas menos convencionais (e mais parvas) de combaterem o coronavírus.

Uma blogger de saúde oriunda de Aylesbury, Buckinghamshire, em Inglaterra, está a aconselhar todos os seus seguidores a criarem um armazenamento de sémen humano, que poderão depois ingerir para manterem o seu sistema imunitário “activo” para lutar com o COVID-19. Tracey Kiss, de 32 anos de idade, publicou mesmo um vídeo no YouTube a informar quem a vê dos supostos benefícios para a saúde de ingerir sémen em plena pandemia.

Confere:

No vídeo, Tracy refere-se à acumulação de sémen como “um método alternativo grátis”, e diz mesmo que é melhor que as pessoas comecem a ingeri-lo o quanto antes, ou então metê-lo em covetes e congelar.

Claro que com isto, ela tem sido bastante criticada na internet, tendo sido especialmente refutada por especialistas. Em entrevista ao Sun, a Dr. Sarah Jarvis disse: “Existem centenas de mitos acerca de como nos devemos proteger contra o COVID-19 e bem, grande parte não passa mesmo de mito. A ideia de beber sémen não tem NADA científico por detrás e é, muito sinceramente, extremamente preocupante. Não existem benefícios em beber sémen de um ‘dador’ conhecido, mesmo que saibamos todo o seu historial sexual”.

O que dizer?