Mulher apanhada a pinar no local de trabalho fala sobre o sucedido

Estas duas vidas mudaram completamente como resultado de uma sessão de sexo no trabalho: uma rapidinha, vá. Os empregados da Tesco Caitlyn Kirby e Neville Fox foram apanhados a martelar depois de um tipo os ter filmado numa posição bastante comprometedora.

O dono da padaria e o gerente da produção disseram que os empregados em questão iam ser investigados mas Caitlyn Kirby, de 19 anos de idade, decidiu falar publicamente, depois de ter sido chamada de “destruidora de lares”, considerando que o homem com quem ela esteve a pinar tem uma companheira de 54 anos de idade…

Quando falou com o Sun, a adolescente explicou que o escândalo que acabou por se tornar público foi resultado de várias semanas de “flirt” e que Neville lhe havia explicado que tinha terminado o relacionamento que tinha com a sua companheira:

“Pareceu tudo muito rápido. Ele deu o primeiro passo, eu acedi e as coisas acabaram por ficar fora de controlo. O mundo inteiro viu o que se passou de seguida”.

Ela diz que se sente muito mal devido à companheira dele, que foi “arrastada” para o drama como resultado do incidente. O homem em questão foi filmado a fazer o dito cunnilingus a Kirby. Alguém filmou tudo e rapidamente o vídeo se propagou:

“Primeiramente, não acreditei em nada do que diziam mas quando acabei o turno e me mostraram o vídeo fiquei chocada. Sem palavras, mesmo”, explicou a adolescente.

Quanto a Neville, recusa-se a comentar o que quer que seja relativamente ao vídeo e a única coisa que disse foi que a empresa não o despediu.

O Sun afirma que a sua companheira eliminou todas as fotografias que tinha com ele das redes sociais. Que bronca daquelas…