Máscaras e luvas descartáveis estão a constituir uma ameaça para a vida marinha

Com cada vez mais pessoas a utilizar máscaras e luvas na tentativa de se protegerem contra a pandemia do coronavírus, os ambientalistas têm avisado as pessoas para terem cuidado com a poluição causada, dada a quantidade de máscaras e luvas descartáveis que têm sido atiradas para o chão. Não só deixar máscaras e luvas utilizadas no chão tem um impacto ambiental como também causa riscos para a comunidade, dado que as pessoas podem acabar por contactar com essas mesmas máscaras e luvas, podendo ficar em risco de ficarem contaminadas.

Para além de todo este risco para a saúde pública, muitas máscaras e luvas que têm sido deixadas pelas ruas são feitas de materiais não biodegradáveis, o que também causa um grande risco à saúde dos oceanos e da vida marinha…

Uma das pessoas responsáveis por tentar consciencializar as pessoas é Maria Algarra, fundadora do Clean This Beach Up, que começou a campanha #TheGloveChallenge. Através da hashtag, ela pediu às pessoas para enviar fotografias de luvas descartáveis deixadas “ao abandono” para tentar mostrar a escala real do problema às pessoas.

Ela disse ao Independent que recebeu milhares de fotografias de luvas descartadas pelas ruas e tem documentado tudo através do Instagram:

E as pessoas têm aderido…

Em Hong Kong, muitas luvas e máscaras têm sido encontradas nas praias e o problema tem tendência a ficar cada vez mais sério, dado que são cada vez mais as pessoas a quererem estar protegidas.

É importante cuidarmos do que é nosso.