Marido e mulher morrem com um dia de diferença, depois de 68 anos de casamento

Marido e mulher morrem com um dia de diferença, depois de 68 anos de casamento

Depois de um casamento de 68 anos, eis que marido e mulher morrem com apenas um dia de diferença. A coincidência absurda teve lugar no Minnesota, Estados Unidos da América, local onde começou a história de Robert e Corinne Johnson.

Eles mudaram-se para uma quinta em Norseland, Minnesota, dois anos após o seu casamento. Lá, viveram por mais de seis décadas, a plantar milho, soja, trigo e alfafa, onde também criaram os seus sete filhos. A verdade é que a ligação entre Robert e Corinne é até anterior a isso, uma vez que eles foram criados pelos pais em propriedades distantes apenas cerca de 5 quilómetros uma da outra, de acordo com a KARE.

Corinne foi diagnosticada com problemas cardíacos e acabou por falecer no dia 24 de novembro, aos 87 anos. Robert morreu no dia 25, aos 88 anos, após perder batalha contra um cancro…

No obituário de Robert, a família destacou que nos últimos estágios da vida, “marido e mulher tornaram-se o suporte físico e mental um do outro”. A morte próxima, acrescentaram eles, coroa a “devoção” que um teve pelo outro durante quase toda a vida.

“Assim que a mãe morreu, ele (o pai) foi ladeira abaixo e morreu em apenas um dia. É difícil imaginar que tenha sido coincidência”, disse Bruce Johnson, filho do casal.

RIP.