Homem tira selfie com uma granada na mão e mata-se acidentalmente

Um homem russo matou-se acidentalmente depois de ter tirado a cavilha a uma granada para tirar uma selfie. Alexander Chechik, de 26 anos, morreu no seu carro perto da cidade de Krasnodar, no sul do país.

As autoridades explicaram que Chechik tinha enviado algumas fotografias suas com a granada na mão, sem a cavilha, para alguns amigos. Crê-se que ele não queria cometer suicídio. Mais tarde, a polícia acabou por mostrar a cena no seu carro depois de o explosivo ter detonado, tendo morto o jovem.

Chechik enviou uma fotografia da granada aos amigos, como podes ver:

De acordo com o que reporta a imprensa local, o jovem pensava que a granada só explodia se ela a atirasse para o chão. O número de fotografias que ele enviou para os seus amigos sugerem que ele estava apenas a exibir-se e que não queria realmente cometer suicídio.

A verdade é que a Rússia tem uma taxa de suicídio masculina elevadíssima, perto das maiores do mundo. Também o Cazaquistão, Lituânia, Ucrânia e Letónia têm taxas assim, todas bem superiores quando comparadas com as dos países da Europa ocidental.

A verdade é que brincar com granadas não parece ser boa ideia…