Homem seguiu a rotina de treino de Chris Hemsworth e em apenas um mês, meteu-se quase ao nível do Thor…

Se és um fanático dos filmes da Marvel, então existe uma boa possibilidade de seguires alguns dos protagonistas nas redes sociais, sendo que muitos deles colocam com alguma frequência as suas rotinas de treino e de alimentação para se transformarem nos super-heróis que interpretam.



De todos eles, Chris Hemsworth é dos que tem uma rotina mais estrita de exercício e dieta para entrar em personagem – afinal de contas, não é nada fácil ser o Thor. A verdade é que este homem quis mostrar que com trabalho, tudo se consegue: é que ele seguiu a rotina de Chris durante um mês e os resultados que obteve foram incríveis…

Erik Conover é um youtuber de Nova Iorque e explicou que devido a um doença complicada, entrou num estado muito mau de forma física. Assim, para tentar reparar os danos, regressou ao ginásio acompanhado do melhor PT que podia haver no mundo: Chris Hemsworth.

A sua ideia era simples: durante um mês, seguir as rotinas de exercício, alimentação e descanso que Hemsworth utilizou para o papel de Thor em Avengers: Endgame. A rotina física consistia em duas sessões: um treino de cardio que combinava técnicas de pugilismo com exercícios de resistência e outra sessão de exercício físico que consistia em levantar pesos.

Erik seguiu uma dieta rica em vegetais, proteínas e bebidas energéticas, para completar um total de 5000 calorias diárias. O mais difícil da dieta, de acordo com o youtuber, fui dizer adeus a todo o tipo de alimentos processados, ao álcool e à “fast-food”, sendo que só podia comer pizza um dia por semana.

Na terceira parte, dedicada ao descanso, Chris trabalha com meditação para ajudar o seu corpo a repor energias e a preparar-se para repetir a mesma rotina de exercício no dia seguinte. Erik Conover seguiu toda esta rotina e ao princípio custou muito mas diz que notou melhorias no seu corpo logo na segunda semana, sendo que a sua atitude perante o exercício diário mudou totalmente.

Eis o vídeo da “transformação”:

E tudo num mês. Incrível…