Homem queima a própria casa para morrer queimado mas arrependeu-se porque “o fogo estava quente”

Pensando que não existia outra solução para a sua vida, este homem decidiu incendiar a sua própria casa e permanecer lá dentro, tudo com o intuito de morrer queimado. Acontece é que se arrependeu a meio, porque dizia que o calor das chamas era muito.

Nathan Smith, de 24 anos, tinha acabado de discutir com a ex-namorada, mãe do seu filho, até que chegou à conclusão de que queria colocar um fim à sua vida. Assim, o jovem residente na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, encheu a casa de gasolina determinado em suicidar-se…

Depois de a casa ter começado a arder, Smith permaneceu deixado na cama à espera de ser queimado mas mudou de ideias depois de sentir as chamas, tendo explicado às autoridadesque “o fogo estava muito quente”.

Ainda tentou apagar as chamas por si próprio mas não conseguiu, pelo que se viu obrigado a chamar os bombeiros depois de ter saído de casa. Felizmente, conseguiu salvar também o seu cão, que estava também dentro de casa, sendo que o seu intuito era que o cão morresse com ele.

No momento desta tentativa de suicídio, nem o filho de Smith nem a ex-namorada estavam em casa. Apesar de ter saído a tempo, ele teve de ser encaminhado para o hospital porque ainda ficou com algumas queimaduras.

Ainda assim, a polícia acabou por detê-lo e Smith será julgado por tudo o que fez.