Homem que já dormiu com mais de 6 mil mulheres morre...a fazer sexo

Homem que já dormiu com mais de 6 mil mulheres morre…a fazer sexo

Maurizio Zanfanti era conhecido por ser o maior playboy italiano, bem como pelo apelido Romeu de Rimini, em referência à província na Itália em que nascera e fizera fama. Maurizio gabava-se de ter levado para a cama mais de 6 mil mulheres.

Agora, o homem acabou por morrer aos 63 anos de idade, enquanto fazia sexo com uma turista do Leste da Europa…

Maurizio teve um ataque cardíaco fulminante durante uma sessão de sexo. Em pânico, a mulher, de 23 anos de idade, ligou para uma amiga que chamou uma ambulância. Infelizmente, os paramédicos nada puderam fazer para evitar a sua morte.

Nos jornais italianos, Zanfanti foi reverenciado como um “mito” e um “símbolo da Riviera”.

“Zanza morreu depois de fazer o que fazia melhor”, relatou Il Resto Del Carlino, um jornal de Bolonha. O presidente da câmara de Rimini disse que o país perdeu uma verdadeira “lenda da noite”. Ele começou a ganhar fama ao promover boates nos anos 70, a primeira delas chamada Blow Up.

Tinha a responsabilidade de recrutar, especialmente nas praias, mulheres bonitas e sensuais, principalmente alemãs e escandinavas, para entrarem de graça nas casas noturnas. Em 2014, Zanfanti chegou a dizer em entrevista que, aos 59 anos, estava a aposentar-se da vida de playboy. Num só verão, o playboy italiano confirmou que teve relações sexuais com 207 mulheres…

RIP.