Homem é recusado na polícia por ser “um homem branco heterossexual”

Uma força policial rejeitou um potencial recruta, que alegadamente se encontrava muito bem preparado, tudo por ele ser um “homem branco heterossexual”.

Matthew Furlong, de 25 anos de idade, quis seguir as pegadas do seu pai na polícia de Cheshire mas acontece que a força tornou-se na primeira organização no Reino Unido a fazer uma discriminação deste tipo…

Depois de ter passado com sucesso a fase da entrevista, Matthew disse que lhe tinham dito algo como: “é muito refrescante conhecer alguém tão bem preparado como o senhor” e que tinham gostado realmente do seu perfil.

Acontece que, de acordo com o que reporta o Metro, disseram-lhe posteriormente que ele não tinha ficado com a vaga porque ele não cumpria todos os requisitos. Depois de perceberem os motivos, o facto de ele ser um “homem branco heterossexual”, foi o próprio pai de Matthew a fazer queixa.

Agora, a polícia de Cheshire vai ter de responder em tribunal pelas acusações de discriminação de raça, orientação sexual e género.

E esta?