Homem apanhado em excesso de velocidade diz à polícia que estava a acelerar “para ir comer um kebab”

Um homem que foi parado pelas autoridades por ter sido apanhado a 212 km/h numa autoestrada explicou que estava com muita pressa porque queria ir comer um kebab por estar cheio de fome.

Sem surpresas, a divisão de trânsito não aceitou a desculpa do condutor por estar quase 2x acima do limite de velocidade imposto pelas leis do país. O dia ainda se tornou pior para ele quando as autoridades constataram que ele não tinha seguro no carro que conduzia, ou sequer carta de condução…

Partilhando a história nas redes sociais, as autoridades explicaram mesmo que o homem “estava a acelerar imenso por querer um kebab em Manchster”.

Uma novidade curiosa no Reino Unido é de que as autoridades estão a pensar introduzir novas câmaras nas autoestradas para averiguarem se os motoristas estão ou não a utilizar cinto de segurança e se estão a comer, a beber ou a fumar enquanto conduzem.

Estas novas câmaras terão tecnologia LED com infravermelhos e serão posicionados em pontos estratégicos das estradas do país em questão.

Concordas com a medida?