Há alcoólicos que estão a ser tratados com MDMA!

Os cientistas estão a investigar o efeito que o ecstasy tem em pessoas que tenham a dependência do álcool.

Assim, um grupo de pacientes em Bristol foi ingerindo doses de MDMA ao longo de dois meses. De acordo com o Home Office, cerca de 500,000 pessoas tomam ecstasy regularmente de forma recreativa mas este é o primeiro estudo que tenta utilizar a droga como um tratamento médico, neste caso para o alcoolismo.

O investigador principal, Dr. Ben Sessa, é psiquiatra e investigador no Imperial College London, que tem explorado bastante os psicadélicos para utilização médica.

Quando falou na conferência Breaking Convention acerca de drogas psicadélicas, ele disse:

“O tratamento contra o vício do álcool actual é muito ineficaz mas é o que temos. Assim, estamos em busca de novas ferramentas para ajudar os pacientes.

Sabemos que o MDMA funciona muito bem a ajudar pessoas que sofreram traumas e isso ajuda a construir empatia. Muitos dos meus pacientes que são alcoólicos sofreram algum tipo de trauma no seu passado e isto tem algo a dizer em relação ao seu vício”.

Este método revolucionário recebeu recentemente a aprovação dos reguladores do Reino Unido e o estudo vai envolver 20 alcoólicos.

Assim, cada um deles terá oito sessões semanais de psicoterapia e, em duas delas, o paciente receberá uma dose de MDMA para tomar. Apesar de a droga contribuir para cerca de 50 mortes por ano, o grande desafio dos donos deste estudo foi o de manufacturar a droga.

Comprimidos de ecstasy estão disponíveis na rua por cerca de 8 euros mas o MDMA feito em farmácia para ser utilizado no estudo custará cerca de 65 mil euros para fazer…12 gramas.