Guarda-redes morre após colisão com o colega de equipa durante um jogo

Um guarda-redes morreu mesmo depois de ter colidido acidentalmente com um colega de equipa durante um jogo de futebol.

Choirul Huda, de 38 anos de idade, foi dado como morto depois de um traumatismo craniano, que foi provocado por uma colisão com o seu colega de equipa Ramon Rodrigues.

Huda e Rodrigues estavam a jogar pelo Persela frente ao Semen Padang, a contar para a Indonesia Super League. Trágico…

O acidente ocorreu aos 40 minutos da primeira parte, quando Huda saiu à bola na pequena área para a agarrar, tendo colidido com Rodrigues e com um jogador da equipa adversária.

Depois da colisão, Huda estava com imensas dores e a equipa médica apressou-se a entrar no relvado para o auxiliar, sendo que o guarda-redes recebeu um tratamento de emergência já fora das quatro linhas.

Confere o momento:

Ele ainda foi levado para o hospital com vida mas acabou por morrer por volta das 17 horas. Aji Santoso, o treinador do Persela, confirmou a morte e toda a equipa foi ter ao hospital depois do jogo para prestar respeito ao colega de equipa que tinham acabado de perder.

Era uma lenda por aquelas bandas: estreou-se em 1999 e fez mais de 500 jogos numa carreira que já ia em 18 anos. Era considerado um dos melhores guarda-redes da Indonésia.

RIP.