Futebolista tatua a cara da namorada e ela mete-lhe os cornos com um jogador do clube rival

Se este conselho é repetido várias vezes é porque deve ser mesmo levado a sério: parem de tatuar o nome das vossas namoradas, e muito menos a cara. É garantido que dá sempre m3rda. Se Martín Rodríguez, futebolista do Pumas, tivesse seguido este conselho, se calhar não tinha cometido o erro crasso que cometeu.

BETANO OFERTA 5€ GRÁTIS

Ele decidiu tatuar a cara da sua namorada, a modelo Alejandra Valdés, que tinha deixado o seu namorado anterior (também ele futebolista, o chileno Felipe Flores) por ele. Infelizmente, esqueceu-se que se calhar a relação deles também não era para sempre e as coisas acabaram mal…

E depois de fotografias da tatuagem terem começado a circular, começaram também a correr os rumores de que a modelo havia repetido a história e o tinha traído com outro futebolista, sendo ele Luciano Bocco, jogador do Cruz Azul. Algo nos diz que esta modelo tem uma pequena pancada por futebolistas.

Apesar de não ser “oficial”, nas redes sociais, Martín e Alejandra deixaram de se seguir mutuamente e ele apagou todas as fotografias que tinha com ela, o que só reforça todos os boatos de traição e ruptura.

E como se não bastasse, o jogador ainda foi motivo de chacota na internet…

Que história…