Feminista critica a Apple e afirma que “o novo iPhone é demasiado grande para as mulheres conseguirem segurá-lo”

Foi há bem pouco tempo que a Apple revelou a nova gama de iPhones que aí vem, mostrando melhorias na câmara, na arquitetura e até no tamanho dos ecrãs, que aumentou substancialmente. Agora, devido a este último ponto, a companhia tem recebido críticas por parte de algumas campanhas feministas.

Os modelos iPhone XS têm o tamanho do ecrã compreendido entre os 14.7cm e os 16.51cm: bem maiores do que os SE mais antigos, na realidade. A Apple anunciou que ia descontinuar os SE e muitas feministas se manifestaram devido a isto, tudo porque “os novos telemóveis são muito grandes para as mulheres conseguirem segurá-lo”…

Muitas das críticas se devem ao facto de os modelos XS serem muito grandes, fazendo com que seja difícil para as mulheres de segurar, uma vez que em média, as mãos das mulheres são um pouco mais pequenas do que as mãos dos homens.

Caroline Criado Perez, uma ativista pelos direitos das mulheres, explicou que sofreu Lesão por esforço repetitivo devido a ter usado muito o iPhone 6. Eis o que disse ela ao Telegraph:

“Eu tenho genuinamente Lesão por esforço repetitivo devido ao uso do meu iPhone 6, sendo que mudei para o SE assim que consegui. Isto afecta a saúde das mãos das mulheres – e as mulheres compram mais iPhones do que os homens. Assim, custa saber que a Apple não faz o design dos seus aparelhos com os nossos corpos em mente.

Devíamos estar todas furiosas com isto. Afinal de contas, estamos a pagar tanto dinheiro como os homens por um iPhone e o produto não funciona tão bem connosco como funciona com eles”.

https://twitter.com/CCriadoPerez/status/1040155327461699584

O que achas destas críticas?