Estudo comprova que se fores bom em videojogos, então é porque és um génio

Já tens mais do que argumentos para aquelas pessoas que dizem que os jogos de computador destroem o cérebro. Um novo estudo veio demonstrar que aqueles que passam horas a jogar videojogos multiplayer têm mesmo um maior quociente de inteligência.

O estudo foi conduzido pelo Laboratório de Criatividade Digital da Universidade de Nova Iorque, revelando que existem jogos que funcionam quase como exames de QI, em especial dois dos mais famosos jogos do mundo: League of Legends e DOTA 2.

Pois é, se és um craque neste tipo de jogos, então podes considerar-te um génio.

A investigação, publicada pelo Science Daily, revela que existe uma relação entre as habilidades de um gamer neste tipo de jogos com o seu nível de QI.

A razão? Os jogos de computadores provam a inteligência e desenvolvem habilidades para criar estratégias que requerem respostas rápidas, o que são actividades que treinam o teu cérebro em tarefas muito específicas.

Os investigadores basearam-se em Multiplayer Online Battle Arenas (MOBAs), jogos de estratégia onde competes contra equipas de 5 inimigos, normalmente.

Assim, já sabes: se quiseres ser mais inteligente podes unir-te à comunidade virtual e jogar, jogar até mais não…

Desconfiavas?