Estudo comprova que estar na ‘friendzone’ é como sofrer um enfarte

Está na hora de nos focarmos nos soldados que perderam a batalha, nos irmãos que estão numa situação de vida ou de morte, literalmente. De acordo com algumas descobertas científicas, um coração partido pode causar tantos danos como um enfarte…

O que muitos já sabiam por experiência, litros de álcool e péssimas decisões, é que um coração partido pode matar e se haviam dúvidas, agora alguns investigadores britânicos descobriram que um stress emocional profundo pode causar tantos danos como um enfarte.

Pelos vistos, o “síndrome do coração partido” é algo mais natural do que pensamos: cerca de três mil britânicos por ano sofrem disto.

Aparentemente, o stress emocional quando é causado de uma forma muito agressiva faz com que o músculo do coração fique debilitado e os investigadores de Universidade de Aberdeen vieram descobrir que essa dor é permanente!

O estudo descobriu que as pessoas com o coração partido se cansam mais rapidamente e são incapazes de se exercitar anos depois de terem sofrido com esse evento.

A doutora Dana Dawson, chefe de investigação, disse: “Viemos a descobrir que o ‘síndrome do coração partido’ é mais comum do que pensávamos. Num estudo mais extenso para analisar os efeitos a longo prazo desta condição, reparámos que ele provoca danos permanentes e irreversíveis no coração”.

“Os pacientes que sofreram com um desgaste emocional profundo assim não podem levar a cabo demasiado exercício físico e cansam-se mais facilmente”, completou.

A equipa estudou 37 pacientes durante um período de 2 anos, fazendo exames aos seus corações regularmente. Concluíram que os danos ficavam presentes mesmo muito tempo depois de ter havido o desgaste emocional.

O síndrome foi identificado no Japão na década de 90 e chamou-se de “takotsubo”. E tu, achas que sofres desta condição?