Eis a “real razão” pela qual Osama Bin Laden organizou os ataques do 11 de setembro!

Os ataques do 11 de setembro foram provavelmente o momento mais marcante da história na história mundial desde a queda do Muro de Berlim.

Influenciou todo o mundo em todos os aspectos e foi organizado pelo antigo líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden. Mas mais do que forçar uma guerra religiosa, um novo documentário afirma que Bin Laden tinha outro motivo para realizar estes ataques horríveis…

O documentário afirma que Osama tinha planeada uma vingança pessoal contra os Estados Unidos, tudo por eles supostamente terem arruinado o seu casamento.

Road to 9/11 – o documentário em questão – conta a história de como Bin Laden foi forçado a sair da sua casa no Sudão, para o Afeganistão.

No Afeganistão, ele foi submetido a uma vida de pobreza, que a sua segunda mulher e filho mais velho não conseguiram suportar.

Tendo sido deportado para a Arábia Saudita e não muito tempo depois disso, alega-se que outra das suas mulheres o deixou sozinho, causando os sentimentos “pessoais” que ele tinha contra os Estados Unidos da América.

O jornalista e autor Steve Coll disse a quem fez o documentário:

“Ele culpou os Estados Unidos não só por todos os pecados por eles cometidos na história mas também houve algo pessoal ali.

A sua vida tinha sido virada ao contrário pelos americanos e a perseguição feita por eles, com uma pressão que o forçou a sair do Sudão.

Mandaram-no para o Afeganistão pensando que o rasto dele ia desaparecer mas a primeira coisa que ele fez assim que chegou foi subir ao topo de uma montanha para declarar guerra aos Estados Unidos da América.”

Bin Laden tornou-se então o cabecilha da Al-Qaeda e, como resultado, foi o alvo primário dos serviços de inteligência americanos.

Ele foi morto no dia 2 de maio de 2011 após uma invasão a sua casa, no Paquistão. Apesar da sua morte, nunca foram reveladas imagens do seu cadáver. Foi posteriormente enterrado no oceano.