Diplomata que investigava acerca do avião desaparecido da Malásia foi encontrado morto!

Pois é, um diplomata que se encontrava a investigar o caso do estranho voo MH370, correspondente ao avião da Malásia que acabou por desaparecer misteriosamente, foi encontrado morto!

Zahid Raza, um diplomata da Malásia, foi aparentemente assassinado a semana passada em Antananarivo, Madagascar, de acordo com o que reporta a news.co.au!

Blaine Gibson, um detective americano, que tem estado a coleccionar informações acerca do voo “amaldiçoado”, afirma que Raza ia levar novas informações sobre o caso aos investigadores justamente antes de ter sido morto.

O voo MH370 descolou no dia 8 de março de 2014 e, até hoje, nunca foi encontrado. O caso foi arquivado em janeiro deste ano. Claro que desde o misterioso desaparecimento, muitas foram as teorias da conspiração sobre o que aconteceu com o avião e com as 239 pessoas que nele iam a bordo.

Gibson afirma que ele próprio tem recebido ameaças de morte desde que começou a investigar autonomamente o que aconteceu com o avião naquele dia.

No seu blog, escreve: “Pela protecção de todos os envolvidos, decidimos não tornar isto público até que a mensagem fosse entregue de forma segura à Malásia.”

Aparentemente, o diplomata que foi assassinado tinha dois detalhes significantes, que podiam acabar por ser peças chave para resolver este puzzle. A morte de Raza levantou ainda mais questões em relação ao assunto…

Apesar da intensa especulação, a morte de Raza não foi ligada com nenhuma prova concreta ao seu envolvimento com a investigação do voo MH370…