Conor McGregor foi ameaçado de morte

A super estrela das Mixed Martial Arts, Conor McGregor, esteve alegadamente numa rixa com um gang conhecido em Dublin, Irlanda.

The Notorious foi mesmo ameaçado de morte depois de ter estado envolvido numa luta com um parente de Kinahan, um barão da droga bem conhecido dos irlandeses. De acordo com o que reporta o Daily Mail, o cartel de Kinahan é um dos maiores traficantes de cocaína na Irlanda e, assim, qualquer incidência que os interfira é um assunto sério.

A mesma fonte publicou uma mensagem no WhatsApp que dizia: “O homem a quem ele bateu é uma das pessoas mais influentes no gang Kinehan. Graham ‘The Wig’ Whelan. Eles disseram que queria 900 mil euros, caso contrário matavam McGregor”.

Alegadamente, McGregor deu-lhe um murro porque eles estavam a atacar outro homem num bar em Crumlin, Dublin. Claro que McGregor gosta de provocar, então decidiu meter mais lenha na fogueira depois de as primeiras notícias do assunto terem-se referido a uma “celebridade” ao invés de a Conor:

The celebrity

A post shared by Conor McGregor Official (@thenotoriousmma) on

Com um hoodie a tapar-lhe quase a cara toda, ele colocou na descrição do vídeo: “A celebridade”. De acordo com o que reporta o Irish Independent, não há planos de momento para entrevistarem McGregor acerca do incidente.

O gang Kinehan está em guerra com o gang de Hutch há meses, sendo que já morreram 11 pessoas até agora devido aos confrontos…

McGregor terá que ir a tribunal em breve mas por razões que nada têm que ver com este assunto.

O atleta de 29 anos de idade vai ter que ir a tribunal devido a ter conduzido em excesso de velocidade. A polícia afirma que ele estava 100 km/h acima do limite numa auto-estrada em Rathcoole, em março deste ano.

Alegadamente, ele pagou a multa mas esqueceu-se da carta de condução e por isso o caso foi levado até ao tribunal. Veremos o que acontece em relação aos gangs…