Conhece o único ninja que sobrou no Japão!

Jinichi Kawakami é o último sobrevivente do clã Ban, uma dinastia de espiões secretos cuja história já remonta há mais de 500 anos atrás. Acredita-se que Jinichi seja mesmo o último ninja japonês.

Ele é engenheiro e começou a praticar a arte do Ninjitsu quando tinha apenas 6 anos de idade. Durante o regime do mestre budista Masazo Ishida, ele passou horas a olhar para a chama de uma vela para melhorar a sua concentração e também a sua audição é extremamente apurada!

Ele foi treinado para desaparecer numa nuvem de fumo e até para cortar a garganta de uma vítima com uma death star:

“O treino foi duro e doloroso. Não foi algo engraçado de se fazer mas acabou por se tornar numa importante parte da minha vida”.

Durante o seu treino, Jinichi também aprendeu a trepar paredes, a saltar de grandes alturas e até a fazer químicos que causam explosões – essencialmente, ele foi treinado para ser um autêntico badass!

“Acho que sou chamado de último ninja porque nunca nenhuma outra pessoa aprendeu todas as skills que foram directamente transmitidas e ensinadas por mestres ninjas nos últimos séculos. Os ninjas propriamente ditos já não existem”, afirmou.

Nos filmes de Hollywood os ninjas parecem ser aquelas máquinas autênticas que matam silenciosamente, mas ele afirma que o segredo para ser um ninja de máxima qualidade é ter o poder de surpreender e de explorar e aproveitar a fraqueza do oponente.

Kawakami trabalha agora numa universidade japonesa que está a planear abrir o primeiro centro de investigação ninja do mundo, e já no próximo mês!