Cena chocante de documentário sobre pornografia deixa os participantes em lágrimas

Para muitos de nós, a pornografia é um verdadeiro tema tabu e ainda existem muitas pessoas pouco à vontade para falar do assunto. No entanto, o consumo de pornografia influencia tudo – desde a escolha de parceiros românticos até à tua habilidade de ficar fisicamente excitado.

Recentemente, um inquérito feito a mais de 1.000 pessoas e conduzido pela Deltapoll para o novo documentário da BBC Three, intitulado Porn Laid Bare, revelou que cerca de 77% dos jovens adultos e quase 47% das jovens adultas admitiram ter visto pornografia no último mês. A pornografia pode afectar inúmeros aspectos da nossa vida, desde o nosso sentido de intimidade no quarto até à nossa auto-estima…

O consumo de pornografia pode influenciar a vida amorosa dos mais jovens e este inquérito permitiu perceber que 4 em cada 10 jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 25 anos de idade dizem sentir-se “infelizes” com a aparência da sua genitália, sendo que 1 em cada 5 afirma que ver porn fez mesmo considerar a hipótese de cirurgia plástica.

Para muita gente, a pornografia é o seu trabalho diário e não uma fantasia. Os participantes no documentário Porn Laid Bare deram de caras com diversas perspectivas e algumas cenas do documentário eram difíceis de ver: o grupo participante conheceu um jovem adulto que tinha aumentado o tamanho do seu pénis para se parecer com um ator porn.

Eles também visitaram um ‘set’ de filmagens de um filme porn onde os padrões de qualidade e as condições de trabalho deixaram mesmo alguns deles em lágrimas…

Cameron Dale, uma estudante de 21 anos de idade que participou no documentário, ficou chocada depois de ter visitado o estúdio de filmagens de Ignacio ‘Torbe’ Allende Fernández, muitas vezes chamado de “rei do porn espanhol”. Ela deu a sua opinião acerca de coisas muito delicadas que viu, mais propriamente de cenas muito gráficas como ‘bukkakes’:

“Ir até às filmagens do Torbe, que tinha uma má reputação na imprensa por produzir porn muito agressivo e para nichos, foi exactamente como eu imaginei. Assisti a um ‘bukkake’ e quando vi os homens a tirar todos a roupa e a prepararem-se para a cena com máscaras e balaclavas, caiu-me a ficha.

Uma série de homens à volta de uma rapariga de 19 anos, foi horrível. Senti-me alienada quase, e chateia-me que estes homens pensem que aquilo que estão a fazer é correto, e a verdade é que muitos nem pagos estavam a ser para ali estar”.

Educação é poder e independentemente da visão que se possa ter da indústria de filmes para adultos, é importante pensarmos criticamente acerca dos impactos do porn, quer pelos atores e atrizes, quer por aqueles que consomem o produto.