Cão fingiu estar doente para que o seu dono ficasse com ele em casa

A “doença de amor” que os cães sentem pelos seus donos não tem sintomas físicos…excepto neste caso. Este cão bastante inteligente e astuto decidiu fingir estar doente, tudo para que o seu dono não o deixasse sozinho.

Sullivan vive em Utah com os seus donos, Alex e Kennady. A semana passada, Kennady decidiu passar a sua hora de almoço em casa com o cão. Quando ia trabalhar, Sullivan começou a tossir repentinamente e ela ficou claramente muito preocupada…

“Fiquei muito assustada. Ele começou a correr e a tossir, parecia mesmo em sofrimento”, explicou Kennady.

Ela chamou mesmo o seu marido para ver o que se passava com Sullivan. Como tinha de ir trabalhar, Alex decidiu voltar a casa, também ele preocupado, e faltou o resto do dia ao trabalho para ficar com o seu animal de estimação e assegurar-se de que ele não “piorava”.

Com uma dose extra de atenção, Alex constatou que a tosse de Sullivan deixou de existir misteriosamente. Durante o resto da tarde, Sullivan esteve óptimo.

Na manhã seguinte, quando o casal se preparava para ir trabalhar, Sullivan começou a tossir de novo. Preocupados outra vez, Alex ficou mais um dia em casa para se assegurar de que ele não ficava pior. E seguramente que era o que Sullivan queria!

Mais tarde, Alex decidiu mesmo levá-lo ao veterinário na esperança de averiguar qual a doença dele. Depois de alguns exames, rapidamente se concluiu de que o cão estava completamente saudável. A tosse era falsa…

Tudo para não estar sozinho, que artista!

Tão bom.