As forças especiais britânicas ficaram sem balas após uma emboscada e mesmo assim derrotaram o Estado Islâmico à lei do punho!

Um esquadrão de forças especiais britânicas, o SAS (British Special Air Service), ficou sem munições depois de um ataque por parte dos soldados do Estado Islâmico; sem outras alternativas e numa guerra desenfreada, os britânicos continuaram a luta apenas com punho e faca.

Emboscados por mais de 50 jihadistas num ataque em Mosul, no Iraque, o grupo de soldados britânicos estava em plena desvantagem mas mesmo assim fizeram uma proeza…

O Daily Star reportou que a unidade levava a cabo uma operação em Mosul quando o ISIS atacou e eventualmente acabou por cercá-los. Foi aí que os britânicos se aperceberam que não tinham mais balas. Antes de ficarem sem munição, eles já tinham matado mais de 20 inimigos.

Sem armas e apenas com punho e faca, as forças britânicas começaram uma luta que parecia impossível de vencer. E o Estado Islâmico não estava nada preparado para aquilo: o SAS atacou com faca e a reacção dos jihadistas foi nula!

Pelo menos 12 soldados do ISIS morreram. Os do SAS ficaram feridos devido aos disparos e muitos tiveram que desertar do combate para que os companheiros os levassem à base para que fossem curados. Ainda assim, todos retornaram ao campo de batalha uns dias depois!

Aprendizes do Chuck Norris! Muito bom.