Aparentemente, o vaping faz tanto mal quanto os cigarros!

O vaping é uma moda relativamente recente: são cada vez mais as pessoas a preferir cigarros electrónicos com os mais diversos sabores ao invés dos cigarros usuais. Mas os cientistas descobriram que o vape pode fazer tanto mal como os cigarros…

Apesar da popularidade dos cigarros electrónicos ter vindo a aumentar, até para aqueles que estão a tentar deixar de vez o tabaco, pelos vistos o vaping não é uma alternativa tão saudável como pensávamos todos inicialmente.

Karteek Kadimisetty, uma investigadora na Universidade do Connecticut, quis descobrir mais sobre o assunto:

“Algumas pessoas utilizam cigarros electrónicos de forma abusiva porque pensam que não faz mal nenhum. Quisemos ver exactamente o que lhes acontecia em termos de ADN e temos recursos nos nossos laboratórios para isso”.

Kadimisetty e a sua equipa chegaram à conclusão de que os cigarros electrónicos, carregados com líquido à base de nicotina, são potencialmente tão perigosos como o tabaco, causando mutações celulares e danos ao ADN.

Os danos ao ADN e essas mutações celulares estão ligados a uma série de doenças graves, incluindo o cancro. O estudo mostra que o dano potencial ao ADN que vem com o vaping aumenta com o número de bafos dados.

Isto deve-se aos químicos e aditivos que os cigarros electrónicos contêm, tais como a nicotina, a glicerina e o propilenoglicol.

Vale o que vale…