Porque é que alguns homens não conseguem desenvolver uma barba apropriada? A resposta está nos c*lhões

Alguns homens simplesmente não estão destinados a ter barba de viking mas há alguns que sofrem mesmo com a maldição de terem cara de bebés, mesmo sendo homens já feitos.

Uma das características associadas à masculinidade é exactamente a de ter uma barba forte e hirta mas nem todos os homens conseguem desenvolver uma. E pelos vistos, o problema está na genitália…

A verdade é que a genética também está envolvida. Se o teu pai ou avô também têm as giletes em casa paradas porque de facto não precisam delas, então também é difícil que desenvolvas uma barba de viking.

Na verdade, a explicação química do crescimento irregular/escasso de barba tem que ver com as hormonas masculinas, especialmente com a di-hidrotestosterona (DHT).

A DHT é um metabólito formado na próstata e testículos e é a hormona encarregue de produzir pelo facial. Assim, quanto mais elevados os seus níveis, mais sensível será o corpo à testosterona e, consequentemente, mais barba crescerá.

A questão aqui é que há pessoas que não são tão sensíveis à testosterona e essa é uma condição genética que se herda. Mas nem tudo está perdido: há algumas maneira de melhorar a situação.

Os experts dizem que se fizerem a barba frequentemente e se a cortarem na direcção oposta à do crescimento do pelo, ajudará a fazer com que ela cresça mais forte. A chave, segundo eles, é paciência.

Se nada disto resultar, podes arranjar uma destas:

Já sabes.