Afro-americano censura jogador chinês da NBA por usar rastas e ele responde à letra!

Jeremy Lin é um dos poucos jogadores asiático-americanos da NBA que usa dreadlocks e, por esse motivo, deixou um jogador afro-americano incomodado! Ele censurou mesmo Lin por ele utilizar rastas mas o chinês respondeu à letra…

Jeremy Lin não esperava que fosse um dos seus companheiros da NBA a criticá-lo. Kenyon Martin publicou um vídeo no Instagram, onde disse:

“É preciso recordar a este maldito miúdo que o seu apelido é Lin? Esta gente tem que parar de fazer isto. Ele continua com aquela porcaria na cabeça. Alguém precisa mesmo de lhe dizer ‘bem irmão, já percebemos, queres ser negro’…”

Obviamente que Lin não gostou das palavras e acabou por responder de forma muito educada, se calhar mais do que devia: afinal, cada um é livre de utilizar aquilo que quer e que o deixa mais à vontade.

Eis a resposta…

“Hey, meu. Está tudo bem com o facto de não gostares do meu cabelo, agradeço-te honestamente por a teres partilhado. No fim do dia, eu aprecio o facto de ter dreads e tu taambém tens tatuagens com caracteres chineses porque acho que é um sinal de respeito. Como minorias, quanto mais apreciarmos cada cultura diferente da nossa, mais influenciamos uma sociedade mainstream. Obrigado por tudo o que fizeste dentro do campo, cresci com um poster teu no meu quarto”.

Craque. Muito bem respondido.