A tua namorada pode estar a ver o teu telemóvel sem a tua permissão mas isso já é crime

Parece uma questão de senso comum mas ainda assim, no México decidiram em tribunal proibir as pessoas de irem espreitar o telemóvel dos seus companheiros/as sem o devido consentimento. Isto depois de um caso de divórcio que começou com uma conversa que não devia ter sido vista no telemóvel.

Assim, a partir do dia 23 de maio, a lei mexicana estabeleceu que ninguém tem direito a ver o telemóvel do namorado/a sem o seu consentimento…

Os membros do tribunal tomaram como base para esta decisão um grande processo de divórcio, que começou em 2007 e onde um homem descarregou e imprimiu 343 emails da conta da sua esposa, onde acabou por descobrir conversas menos próprias com o instrutor de golfe.

O homem quis utilizar esses emails como prova da infidelidade da sua mulher, para que pudesse concluir com sucesso o processo da separação mas as coisas não funcionaram bem como ele esperava. Independentemente do conteúdo desses emails, ficou estabelecido em tribunal que obter “provas” daquele tipo sem o consentimento da outra pessoa é ilegal.

E assim ficou.

O que achas da lei?