A masturbação fortalece o teu sistema imunitário e ajuda-te a combater vírus e doenças

A masturbação fortalece o teu sistema imunitário e ajuda-te a combater vírus e doenças

Com o COVID-19, espera-nos algum tempo no conforto do nosso lar e bem, é justo dizer que a masturbação pode ser parte importante do processo. A masturbação despoleta um crescer de dopamina, que é um químico que está associado à nossa habilidade de sentir prazer.

Juntamente com este crescendo de dopamina que é libertado durante o orgasmo, também existe a libertação de uma hormona chamada oxitocinona, referida de forma comum como “hormona do amor”. A ligação destes dois químicos não só melhora a tua boa disposição como desempenha um papel primordial a baixar o stress e a promover o relaxamento. E de acordo com a investigadora Dr. Gloria Brame, o orgasmo é a maior indução de dopamina sem ser provocada por drogas que podemos ter. E pelos vistos, consegue melhorar o teu sistema imunitário, bem como aumentar o teu número de glóbulos brancos.

De acordo com a Dr. Jennifer Landa, especialista em terapia relacionada com hormonas, a masturbação pode produzir o tipo de ambiente certo para um sistema imunitário mais forte. Acontece que o aumento de oxitocinona e dopamina que causa uma descida nos níveis de cortisol ajuda a manter o teu sistema imunitário, se as hormonas forem libertadas em doses pequenas.

Um outro estudo conduzido no Departamento de Psicologia Médica na Universidade Clínica de Essen, na Alemanha, mostrou resultados similares. Pediu-se a um grupo de 11 voluntários que participassem num estudo que verificasse os efeitos do orgasmo através da masturbação na contagem de glóbulos brancos e no estado do sistema imunitário e os resultados confirmaram que o orgasmo aumenta mesmo o número de glóbulos brancos, sinónimo de um sistema imunitário mais forte.

Fonte: health24