98% dos homens que recebem um bico diário das esposas são fiéis, de acordo com um estudo

Se eram necessárias quaisquer evidências de que o sexo oral (de forma mútua, ainda que este estudo seja unilateral) pode fortalecer e até melhorar o bem-estar de um relacionamento, ei-las aqui, provadas de forma transparente através da ciência.

Um estudo realizado na Universidade da Beira Interior permitiu concluir que 98% dos homens que recebem um bico diário por parte das suas esposas são fiéis. Para este estudo, os investigadores decidiram contactar 1500 homens casados de Trás-os-Montes para perceber se o sexo oral poderia ter ou não influência no bem-estar e na confiança mútua dos seus relacionamentos. De todos os homens, constatou-se que uma pequena parte deles recebia sexo oral diário por parte das suas esposas e bem, isto deu que falar.

Da pequena percentagem dos 1500 que recebem sexo oral diário das mulheres, 98% (!) são fiéis, sendo que os restantes 2% afirmaram que “o bico não é nada de especial”. Por outro lado, a grande fatia dos homens inquiridos, que não recebem sexo oral de forma diária, mostrou que apenas 55% deles são fiéis às respectivas companheiras, mostrando assim que o sexo oral tem de facto bastante influência num casamento.

Surpreendidos?

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.