15 cidades fantasma que não sabias que existiam

6. Varosha, Famagusta (Chipre)

Durante os anos 70, Varosha era um verdadeiro paraíso, com hotéis de luxo e onde iam grandes estrelas de Hollywood como Elizabeth Taylor, Richard Burton ou Brigitte Bardot mas os conflitos entre o Chipre e a Turquia levaram a uma invasão turca em 1974, onde a população foi obrigada a sair.

Desde então, a zona ficou sem habitantes mas hoje em dia, existe um projecto para converter Varosha numa eco-cidade. Veremos se ganha vida.

7. Kolmanskop (Namíbia)

Era um lugar de riqueza e prosperidade em pleno deserto, até que os preços dos diamantes baixaram depois da Primeira Guerra Mundial. Foi aí que os mineiros alemães que ali habitavam decidiram abandonar o espaço e pouco a pouco, a areia apoderou-se de tudo.

8. Bodie, California (EUA)

Durante o século XIX, teve até 7,000 habitantes e mais de 2,000 construções, tudo depois de se ter descoberto um importante depósito de ouro. Acontece que quando esgotou, quem povoava Bodie deixou-a vazia. Hoje em dia, permanecem de pé mais de 100 construções.

9. Grytviken (Geórgia do Sul)

Trata-se de uma estância balnear que foi abandonada em 1966. Hoje, tudo o que se pode encontrar lá são restos oxidados e um cemitério onde eram sepultados os trabalhadores do lugar. É de ficar com calafrios…

10. Cahawba, Alabama (EUA)

Localiza-se entre os rios Alabama e Cahaba, o que fez com que fortes inundações afectassem a zona. Isto fez com que a longo prazo, o espaço acabasse por ficar inabitado, apesar de ter sido a capital do Alabama entre 1820 e 1825. Atualmente, conserva-se como um parque arqueológico.