Vladimir Putin fará a sua própria versão da série Chernobyl e vai culpar a CIA do incidente


 

A mini-série de cinco episódios da HBO Chernobyl converteu-se num dos maiores destaques do ano, sendo que não só se encontra com uma classificação monstruosa no IMDB como as pessoas se encontram surpreendidas pela forma como a série relatou uma das maiores tragédias do mundo.

Ainda que grande parte das pessoas que viu a série considere a mesma fantástica e nada afastada dos factos reais, nem todos estão felizes com a mesma e uma dessas pessoas é o presidente da Rússia, Vladimir Putin, que considera que o filme é a versão ocidental de uma tragédia que tem mais do que um ponto de vista…

É por isso que a NTV, propriedade da Gazprom, gigante do petróleo e empresa muito ligada a Putin, está a preparar a sua própria versão que contará o antes, o durante e o depois da explosão nuclear, mas do ponto de vista russo.

Enquanto que a série da HBO se encarregou de nos contar o que aconteceu na planta e como o governo russo tentou cobrir tudo o que estava a acontecer, a NTV quer incluir outros elementos ao debate, como a possível participação da CIA no incidente.

De acordo com uma teoria já antiga, muitos agentes da CIA estavam presentes em Chernobyl antes do incidente, sendo que no dia da explosão, um deles encontrava-se mesmo dentro da central. Ainda que se desconheça a veracidade destas declarações, existe uma grande quantidade de historiadores, a maior parte deles russos, que consideram que esta pode ter sido a origem da explosão.

E esta?