,

Viver com a sogra diminui em até 10 vezes a esperança média de vida, afirma um estudo


 

E esta? Muitas pessoas costumam fazer regularmente a piada básica relativamente à sogra, mesmo que tenham sogras incríveis, não é verdade? Acontece que estatisticamente, um estudo recentemente realizado no Canadá permitiu concluir que viver com a sogra diminui em até 10 vezes a esperança média de vida.

O objetivo desta investigação, levada a cabo por alunos de doutoramento da Universidade McGill, em Montreal, foi tentar constatar se existia efectivamente uma correlação entre as sogras e a esperança média de vida daqueles que habitam com elas.

Assim, para este estudo foram analisados cerca de 3500 homens e para os registos de outros tantos que já não estão entre nós. Para além de inquéritos feitos para saber as condições de saúde e socioeconómicas de cada um, tentou averiguar-se quem é que vive ou vivia com a sogra, e se sim, há quanto tempo.

De forma incrível, constatou-se que aqueles que vivem com as suas sogras podem chegar, em casos mais extremos, a falecer bem mais cedo do que aquilo que seria expectável, mesmo comparado com aqueles que não têm uma sogra presente diariamente em casa.

Surpreendidos?


 
Nota: Artigo satírico / humorístico que tem o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional. Qualquer semelhança com a realidade é apenas coincidência.