Vídeo perturbador mostra polícia a gozar com um homem enquanto ele morria à frente deles


 

Um vídeo lançado recentemente mostra a morte de um homem em Dallas, no ano de 2016, enquanto a polícia ria e gozava com o sucedido. Tony Timpa faleceu num parque de estacionamento em agosto de 2016 depois de ter tido um ataque no chão durante quase 15 minutos.

O homem de 32 anos de idade chamou as autoridades a dizer que não andava a tomar a medicação para a sua esquizofrenia e depressão e que precisava de ajuda. Muitas perguntas ficaram no ar relativamente à sua morte e três anos depois, surgiu este vídeo…

Timpa chamou o 112 do parque de estacionamento, dizendo que estava com muito medo. As autoridades chegaram ao local mas em vez de o ajudarem, mantiveram-no no chão enquanto ele chorava, com medo que os polícias o matassem.

O homem oriundo de Dallas acabou por ficar inconsciente mas os agentes da autoridade assumiram que ele estava a dormir e nem foram ver se ele estava a respirar ou se tinha pulso. Como se não bastasse, no vídeo, vemos a polícia a rir e a fazer piadas com a situação dele.

De forma trágica, foi ali que ele acabou por falecer.

De acordo com o Dallas News, naquela noite, o relatório da polícia afirmava que “o comportamento de Timpa fora agressivo e combativo”, mas agora que as imagens apareceram na internet, constatou-se que a história foi bem, bem diferente.

Que se faça justiça. RIP.