Vaticano emite comunicado a informar que a masturbação já não é pecado

Vocês não sabiam que precisavam desta notícia até agora. Para começar o novo ano da melhor maneira, o Vaticano veio emitir um comunicado oficial a informar que a masturbação deixou mesmo de ser um pecado.

Nos tempos mais antigos, a prática não era vista da melhor maneira possível, e sempre houve o mito de que a masturbação podia fazer crescer pelos nas mãos, por exemplo. Agora, e se fores um aficionado à igreja católica, fica a saber que já podes masturbar-te à vontade sem sentires aquele peso de culpa no fim, como se uma alma divina te estivesse a ver e a condenar.

Em comunicado oficial, os responsáveis do Vaticano explicaram que a prática tem de ser vista como um ato normal e admitiram mesmo os benefícios que a masturbação pode trazer, desde que não praticada em excesso por parte das pessoas.

Assim, a masturbação deixa de ser vista como um pecado, o que pode aumentar bastante o número de masturbadores e masturbadoras no planeta, dado que ainda existiam muitas pessoas a privarem-se da prática devido ao respeito pelo catolicismo.

Informa os teus amigos/as mais conservadores…


 
Nota: Artigo satírico / humorístico que tem o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional. Qualquer semelhança com a realidade é apenas coincidência.